Como corrigir a temível “tela azul da morte” do Windows

O nome é temeroso e pode criar pânico só em ouvi-lo. O BSOD (Blue Screen Of Death), cuja tradução nada mais é do que “Tela Azul da Morte” tem todo o jeito de ser um título de filme de terror de baixo orçamento, mas, na verdade, não passa de um incômodo no seu computador.

O apavorante nome foi dado porque, uma vez que a tela azul cheia de palavras assustadoras, como “error”, “safe mode” ou “contact your system administrator or technical support for further assistance”, todo o trabalho feito aquela altura, no computador, será perdido.

Acontece que a tal tela criou um mito por trás da sua frequência e surgimento que muitos pensavam ser um erro crítico do Windows, prejudicando seus usuários, quando, na verdade, pode ser um diagnóstico preciso de algum hardware com falha, por exemplo.

Tela Azul da Morte do Windows

Dicas importantes sobre a tela azul do Windows

A tela, inclusive, se olhada com atenção e não temor, conta com muitas informações relevantes quanto ao erro diagnosticado. Por isso, confira, abaixo, algumas dicas para você aprender a lidar com a Tela Azul da Morte sem se desesperar ou maldizer o seu Windows pela eternidade:

  • Uma dica importante é a de copiar o erro apontado (você pode encontrá-lo logo após o primeiro parágrafo da tela, em letras garrafais) e procurar em fóruns de discussão se pessoas já tiveram – e resolveram – problemas similares ao seu. Digitar o código de erro, localizado no campo “technical information”, é válido, também.
  • O próprio Windows mantém registro do que tem ocorrido no seu sistema e, para encontrar um relatório detalhado do erro que persiste em azular a sua tela, acesse o Painel de Controle do seu computador e, lá, clique em Ferramentas Administrativas e, depois, em Gerenciamento do Computador. Em Logs do Windows, acesse a tela Sistema, é onde você encontra data e horário do erro do seu sistema, bem como uma explicação do ocorrido.
  • Caso tenha realizado alguma atualização nos seus drivers, antes da tela azul ser uma constante na sua vida, vale a pena reverter essa atualização para conferir se não é ela a causa do seu problema. Aqui, o processo se inicia da mesma forma: acesse o Painel de Controle e, depois, o Gerenciador de Dispositivos. Após achar o item atualizado, clique em Propriedades, Driver e, então, Reverter Driver.
  • Outra dica é manter a sua memória RAM sob constante vigílias, pois um breve mal funcionamento nela – o que não é tão raro quanto se deseja – é o suficiente para receber a visita da tela azul. Para isso, utilize programas que checam a performance da sua memória RAM com certa frequência.
  • Superaquecimento, também, é uma variável comum que se encerra na imensidão azul do seu computador. Programas existem no mercado para verificar a temperatura dos componentes (e um “exame de toque” rápido nas ventoinhas e cooler costumam auxiliar para saber se o computador tem aquecido mais do que o necessário).

Para casos extremos, há a possibilidade de restaurar os arquivos do Windows (com o CD de instalação), o que não garante resultados, mas serve como medida extrema.