History Site Blocker: Privacidade na navegação com o Chrome

Grande parte dos usuários não gostam de compartilhar as informações do seu histórico de navegação na internet com outras pessoas. Como nós passamos cada vez mais tempo do nosso dia na frente de um computador conectado a web, ao mesmo tempo que cada vez mais serviços estão disponíveis para os usuários, o histórico pode acabar revelando informações sigilosas, além disso pessoas maliciosas podem ter acesso a hábitos do usuário que podem ser utilizados em algum tipo de crime.

Grande parte dos navegadores possuem recursos que permitem com que os históricos sejam apagados ou até mesmo bloqueados, mas geralmente este tipo de recurso não é padrão, ou seja, sempre as pessoas precisam entrar no menu de opções para conseguir bloquear o histórico da navegação. O que acontece é que muitas pessoas acabam esquecendo de ativar este recurso e desta forma acabam gravando o seu histórico. Mas uma boa solução é fazer o dowload do programa History Site Blocker.

Bloqueando históricos

O complemento acaba sendo muito útil para as pessoas que nunca desejam que seu histórico de navegação na internet seja gravado pelo computador, já que ele bloqueia imediatamente todas as funções de gravação ativas no navegador. O único problema é que este bloqueio é feito somente no Google Chrome, já que este aplicativo é feito somente para o navegador desenvolvido pelo Google.

History Site Blocker

Um recurso interessante que este aplicativo oferece é a possibilidade de se bloquear apenas a navegação de determinados sites, mantendo o restante da navegação. Esta lista acaba sendo feita no próprio aplicativo, sendo que é necessário acrescentar um a um os endereços que precisam ser bloqueados.

Licença: Freeware (Grátis)
Sistemas: Windows XP/Vista/7/8
Download: chrome.google.com/webstore/detail/history-site-blocker

One comment on “History Site Blocker: Privacidade na navegação com o Chrome
  1. Mightor

    Se entendi bem sobre o post, acho desnecessário, uma vez que podemos navegar na internet sem que os dados fiquem armazenados na máquina, usando para isso a forma “Anonima” quando no Google Chrome, InPrivate quando no IE, Guia Privado quando no Opera etc. De todo modo, é uma alternativa este do post. Valeu por compartilhar então, Rodrigo.

Comments are closed.