Microsoft decreta fim dos Gadgets

Se você tentar acessar a Windows Live Gallery hoje, receberá a mensagem que o serviço foi aposentado a fim da Microsoft “concentrar seu apoio no conjunto muito mais rico de oportunidades disponíveis para a versão mais recente do Windows”.

Os Gadgets são miniaplicativos introduzidos no Windows Vista e que ficam localizados na barra lateral do sistema exibindo informações da CPU, memória, tráfego de rede e muitas outras. No Windows 7 eles foram melhorados e possibilitaram o usuário colocar seus miniaplicativos em qualquer local do desktop.

Gadgets do Windows 7

O fato é que com o lançamento do Windows 8 cada vez mais próximo, a gigante dos softwares resolveu simplesmente acabar com os Gadgets. Na página de informações é citado que não há mais apoio ao desenvolvimento ou upload de novos gadgets.

Apesar de parecer uma surpresa a Microsoft aposentar o Windows Live Gallery antes do lançamento oficial do Windows 8, é claro que está tentando fazer que a maioria dos programadores ter em mente a criação de softwares com compatibilidade para o Windows 8. Um trecho resumido daquilo que aparece na “ex-página de gadgets”:

Com o Windows Developer Preview os desenvolvedores podem criar experiências app ricas onde os clientes se concentrar em suas tarefas importantes. Ele permite que você aproveite suas habilidades para criar grandes experiências para seus clientes.
Desenvolvedores agora podem usar suas habilidades com HTML5 e CSS3 para construir aplicativos nativos do Windows.

Por outro lado, nem todos os desenvolvedores deverão gostar da decisão, afinal, não está claro se o novo Windows realmente vai realmente ser um sucesso principalmente pelo fato da interface Metro ser muito polêmica.

3 comments on “Microsoft decreta fim dos Gadgets
  1. Marcos J

    A microsoft fez bem em decretar o fim deles. Para mim estes gadgets eram só mais uma maneira de consumir recursos do sistema operacional com atalhos para usuários preguiçosos. Acho que estes tipos de aplicativos só deveriam ser direcionados a aparelhos celulares e outros tipos de portáteis, onde o uso dos mesmos deve ser facilitado ao máximo.

  2. jederson

    cara sera muito ruim sem os Gadgets.ele que fás que areá de trabalho fica mais bonita

  3. Luciano

    Eu nunca gostei de usar esses miniaplicativos. Qualquer coisa que fique carregado na memória, que eu não use e não seja crítico para o próprio sistema, eu não faço questão de usar. Contudo, é uma escolha pessoal. Com relação a interface do Win8, detestei. Nunca vou deixar meu PC com cara de um celular gigante. Que coisa mais apelativa a MS se aproveitar disso. Agora, vai vender horrores, já que a plebe rude não tem senso crítico “never”.

Comments are closed.