Teste dos Provedores de Banda Larga (Inmetro)

Segundo o último balanço da Telebrasil, o acesso em banda larga no Brasil cresceu 53% nos últimos 12 meses. Apesar disso, o serviço prestado pelas operadoras apresenta má qualidade e falta de clareza nos contratos conforme o último teste do Inmetro.

Segundo o estudo que foi realizado em parceria com a Anatel e o Comitê Gestor da Internet no Brasil, os principais problemas da banda larga fixa residencial estão na falta de clareza dos contratos celebrados, o alto preço cobrado, a falta de viabilidade técnica, além de interrupções e instabilidades.

O teste chegou a ser exibido pelo Fantástico do último Domingo, conforme o vídeo abaixo:

Diante do resultado, a Anatel anunciou que está elaborando um novo e mais rígido regulamento de controle de qualidade do serviço. Os consumidores que se sentirem lesados poderão entrar em contato com a agência através dos telefones 1331 e 1332.

2 comments on “Teste dos Provedores de Banda Larga (Inmetro)
  1. Léo

    Esse teste não condiz com a realidade vivida pelo usuário. Para ter 100% de aproveitamento dos “10%” em um download por exemplo é necessário usar programas que contornam essa limitação de banda. A anatel sempre favoreceu as operadoras com estudos fajutos que comprova que 100% do território brasileiro é coberto pelas concessionarias de telefonia fixa, apenas com o intuito de renovar por mais 20 anos a exploração do consumidor e manter o monopólio das teles. NÃO ADIANTA DENUNCIAR JUNTO A ANATEL.

  2. Alvaro Reis

    Concordo em grau,genero e numero com o amigo acima, pois infelismente aqui no nosso pais estes testes não condiz com a realidade dos provedores com os clientes e infelismente, pagamos por uma internet com ambito falço e muito demagoga, pois prometem mas não cumpre o que falam, ou no escrito e mesmo na midia.

Comments are closed.